Jogadores dizem o que esperar da Grande Final da PCS4 Américas

07/06/2021

PUBG Continental Series 4

Jogadores estão animados com a Grande Final da PUBG Continental Series 4 (PCS4), a ser realizada nos dias 10, 11, 17, 18, 24 e 25 de junho, a partir de 20h (BRT), reunindo as 16 principais equipes de PUBG das Américas, em busca do título, da premiação de US$ 250 mil (equivalentes a R$ 1,25 milhão) e de pontos de classificação para o PUBG Global Championship (PGC).

Das 16 equipes participantes, seis saíram da Fase de Grupos da América Latina, seis se classificaram por meio da Fase de Grupos da América do Norte e quatro chegaram à Grande Final pelo Classificatório Última Chance.

Segunda competição do circuito regional de 2021, a PCS4 Américas marca o retorno da PUBG Continental Series e a integração da América Latina.

Motivação

Astro do PUBG latino-americano, o brasileiro Pedro "sparkingg" Ribeiro hoje faz parte da norte-americana Dignitas (antes Zenith Esports), para a qual se transferiu antes do início desta PCS4.

"Tem sido incrível", anima-se sparkingg. "Um dos meus maiores motivos [para a mudança] era sair da zona de conforto e me colocar em uma situação em que eu possa tirar o máximo de mim e usar isso como motivação para ser melhor do que sou hoje".

Depois da 2ª colocação na Fase de Grupos da América do Norte, com só 2 pontos atrás da norte-americana TSM FTX, a Dignitas mira o topo, segundo sparkingg.

"Todos podem esperar uma Dignitas preparada, motivada e empenhada em buscar títulos. O objetivo é claro e único: ganhar. Iremos dar 200% de todos nós, evoluir sempre como uma equipe e, cada vez mais, nos adaptarmos ao gameplay de cada um."

sparkingg

Poder de destruição

Jogador da TSM FTX, o norte-americano Kurtis "PurdyKurty" Bond destaca o poder da equipe para destruir os adversários. Como Shoot To Kill (STK), o time da América do Norte conquistou a ESL PUBG Masters: Fase 1, a primeira competição do circuito regional de 2021.

"Nossa força como equipe vem de uma atmosfera tranquila que permite que meus três companheiros façam o que fazem de melhor: demolir todo mundo. Nossa chave para o sucesso é nos colocar em locais onde eles possam destruir", comenta PurdyKurty, em exaltação aos colegas.

"Minhas expectativas são as mesmas de sempre para nós: sair com a vitória e mostrar que somos a melhor equipe daqui. Estamos muito empolgados em competir contra os melhores que as Américas têm para oferecer e assegurar à TSM FTX outra conquista."

PurdyKurty

Entrosamento

Capitão da latino-americana Latin Dominus, o paraguaio Daniel "danitw" Arce aponta o entrosamento dos jogadores como explicação para o ótimo desempenho na Fase de Grupos da América Latina, na qual a equipe conquistou a 1ª colocação.

"Nossa força é a constância da equipe. Estamos jogando juntos há 1 ano. Sabemos quando entrar em uma luta necessária. Quando podemos aproveitar a vantagem de descontar jogadores e liberar nossas costas, é um bom momento para nos arriscarmos em uma briga", explica o atleta, segundo o qual o top 5 é a meta da Latin Dominus. "Temos o nível para jogar esta competição e o nosso objetivo é deixar a América Latina no topo".

"A PCS4 é uma grande oportunidade de mostrarmos o nosso talento e o nosso trabalho. Estamos muito orgulhosos de nos classificarmos como a melhor equipe da América Latina e queremos muito começar a competição para podermos nos adaptar a esta nova etapa. O nosso principal objetivo é chegar ao PGC."

danitw

Conhecimento do formato

Segunda colocada na Fase de Grupos da América Latina, a brasileira Trogloditas tem a mesma base de jogadores da FURIA, que disputou o PUBG Global Invitational S (PGI.S), campeonato internacional realizado na Coreia do Sul, em fevereiro e março deste ano. Só há uma alteração no elenco: Eduardo "Execs" Nantes entrou para substituir Victor "raspu" Oliveira.

"O Execs é um jogador no qual eu sempre estive de olho, já que ele sempre se destacou nas equipes pelas quais passou, e eu acho que este era o momento certo para chamá-lo para o time", explica o brasileiro Alan "rustyzera" Alves. "Ele precisa conhecer e se adaptar à estrutura da equipe e vem fazendo isso muito bem".

"A Grande Final da PCS4 Américas tem tudo para contar com ótimas partidas. Ambas as sub-regiões possuem equipes muito fortes, e o novo formato de Most Chickens vai trazer quedas interessantes."

rustyzera

Histórico de campeã

A Soniqs conquistou o PGI.S em 2021 e venceu a PCS2 e a PCS3 da América do Norte no ano passado. Assim, é uma das principais candidatas ao título.

Não é por menos que o objetivo da equipe norte-americana é o topo da PCS4 Américas, conforme ressalta o australiano James "TGLTN" Giezen.

"Estamos mirando manter o nosso domínio regional que mostramos ao longo de 2020. Nosso foco principal é, definitivamente, nos classificarmos para o PGC no fim do ano."

TGLTN

Visando conquistar pontos para o PGC, TGLTN conta que a Soniqs trabalhou para se preparar para o formato de Most Chickens.

"Nosso gameplay precisa ter mudanças em termos de estratégias. Vamos testar e revisar o que podemos fazer para maximizar nossas chances de conseguir Chicken Dinners e abates", detalha o australiano.

Erros "mais caros"

Na visão do norte-americano Matt “Kickstart” Smith, da Oath, com a regra do Most Chickens, as equipes devem evitar os erros ao máximo.

"A Most Chickens será muito interessante, porque quaisquer erros que você cometer serão amplificados. Nossa equipe vai jogar devagar, deixando outras equipes cometerem erros, e tirar vantagem deles", diz o atleta.

A Oath ficou na 3ª colocação da Fase de Grupos da América do Norte, com apenas 6 pontos atrás da líder TSM FTX. O objetivo, agora, é subir ainda mais alto.

"Minhas expectativas são muito altas para a Grande Final. Nós demoramos um pouco para entrar no ritmo nos torneios anteriores, mas eu acredito que, agora, estou confortável com a equipe. É claro que, assim como todo mundo, pretendemos vencer. Contanto que permaneçamos focados e equilibrados, podemos fazer exatamente isso."

Kickstart

Ambição

Na América Latina, a 3ª colocação da Fase de Grupos ficou com a brasileira Enrage Esports.

"[Isso aconteceu porque] mantivemos a base da equipe muito sólida e forte. Já tínhamos um plano de jogo e, com a entrada do rds149, só agregou. Nossas movimentações nas safes tendem a ser mais seguras para optarmos por posições fortes dentro de jogo, em posições estratégicas", avalia o brasileiro Gustavo "Guben" Dias, atleta da equipe. "Fui um dos destaques da Fase de Grupos e nada disso seria possível sem a equipe que eu tenho".

"Nossa expectativa, com toda certeza, é sermos campeões. Queremos incomodar e mostrar que a Enrage está cada vez mais forte. Nós somos ambiciosos!"

Guben

Equipe nova e veterana

A brasileira 22 Esports é uma equipe nova, criada em 2021, mas reúne jogadores importantes do cenário latino-americano. É o caso, por exemplo, de Igor "rogiw0w" Oliveira.

O brasileiro conta que, depois da separação da Stompa Top Team, decidiu continuar jogando ao lado de Marcos Vinicios "v1n1" de Sousa. Eles convidaram Luis "bisnag4" Franco e Daniel "HazeteN" Elias para o elenco.

"União e o mesmo objetivo, tudo bateu certo. O clima sempre é bom e positivo. HazeteN e bisnag4 melhoraram bastante nosso jogo macro, e eu e v1n1 sempre tivemos boas decisões no micro", explica rogiw0w.

"Nós acreditamos que é possível ganhar uma semana e lutar pelo topo em todas. O novo formato de Most Chickens abre muitas possibilidades, e estamos preparados. Agora é focar em executar nos jogos."

rogiw0w

Adição de olho no PGC

Um dos mais destacados veteranos do PUBG na América Latina, o brasileiro Andrey "and1FPS" Henrique entrou para A CRECHE, em substituição a sparkingg.

"Nosso objetivo, juntando estes jogadores, é chegar ao topo e conquistar a próxima vaga para o PGC. Jogar nesta equipe tem sido muito bom: a sinergia e o entrosamento têm ido muito bem", exalta and1FPS. "Os meninos já jogam há muito tempo juntos e comigo entrando só tem a somar".

"A expectativa para a Grande Final é boa. O foco é sempre ganhar, independente de qual seja o campeonato. Com muito esforço e trabalho, nós acreditamos que conseguiremos fazer uma boa campanha."

and1FPS

Experiência, habilidade e personalidade

Criador da Spicy Fish (hoje Spacestation Gaming), o norte-americano Timothy "Uncivil" Ebarb conta que pretendia juntar experiência e habilidade ao reunir os jogadores.

"Ao formar a equipe, eu queria ter experiência e habilidade e eu acho que temos as duas coisas na nossa nova equipe, juntamente de muita personalidade. São coisas necessárias para construir uma equipe campeã", detalha o atleta.

Após a 5ª colocação na Fase de Grupos da América do Norte, Uncivil crê que a Spacestation pode ir ainda mais longe, sendo que a meta é estar no top 3 da Grande Final.

"Sempre vamos buscar a vitória nas competições. Realisticamente, não vejo nenhuma razão para não terminarmos no top 3 de todos os grandes eventos deste ano. Nós somos nossa maior ameaça, ninguém mais".

Uncivil

Para ver esses e outros astros em ação nos campos de batalha, não deixe de acompanhar a Grande Final da PCS4 Américas, nos dias 10, 11, 17, 18, 24 e 25 de junho, sempre a partir das 20h (BRT). Haverá transmissão em Português e Espanhol para o público latino-americano.

Grande Final

PCS4

PCS4 Américas

PUBG

PUBG Continental Series