Previsão dos locais de queda para o PGS Berlim: Final das Américas

Por • 28/02/2020

Os locais de queda das equipes de PUBG nos mapas são de suma importância para o desenrolar de uma partida, ainda mais no nível profissional. Para o PGS Berlim: Final das Américas, marcado para os dias 28 e 29 de março, nos Estados Unidos, as representantes da América Latina se preparam para, com as quedas, iniciarem os jogos com o pé direito.

Dois especialistas analisaram os perfis das cinco equipes classificadas por meio da seletiva online que irão lutar por vagas no PUBG Global Series (PGS) em Berlim, na Alemanha. E, assim, fizeram previsões de como deverão ser as quedas dos times nos confrontos do classificatório presencial.

O comentarista Fernando "PsYcOrN" Malave destaca a preferência das equipes latino-americanas, norte-americanas e da Oceania em Erangel, Miramar e Sanhok, os três mapas do circuito competitivo oficial de PUBG:

Erangel

Mapa Erangel com a indicação dos locais de drop das equipes participantes da PGS Berlim: Final das Américas

Miramar

Mapa Miramar com a indicação dos locais de drop das equipes participantes da PGS Berlim: Final das Américas

Sanhok

Mapa Sanhok com a indicação dos locais de drop das equipes participantes da PGS Berlim: Final das Américas

PsYcOrN diz que são altas as expectativas para o desempenho das representantes da América Latina no PGS Berlim: Final das Américas. Ele observa que a RED Canids Kalunga é poderosa e mostrou isso na seletiva online; que a META Gaming é uma das equipes mais fortes em razão do seu elenco; e que os outros três times, 100medo, 9z Team e EXODIA, contam com pro-players de ponta e devem mostrar do que são capazes em uma competição presencial.

Necessidade de adaptações

O caster Felipe "Felpy" Cardoso observa que equipes de América Latina, Oceania e América do Norte possuem táticas semelhantes nas quedas.

"Pode-se dizer que os esquadrões mais fortes, na maioria das vezes exploram as regiões centrais do mapa, pela vantagem de posicionamento de rotação que esses pontos possuem. Lembrando que a rota inicial do avião interfere totalmente no plano de jogo", comenta Felpy.

De acordo com o analista, equipes da Oceania não são uma ameaça real à América Latina porque possuem pontos de queda mais isolados. Já as norte-americanas utilizam as regiões centrais dos três mapas - Pochinki (em Erangel), Pecado (Miramar) e Bootcamp (Sanhok).

"O lado positivo para a América Latina é que nem todos os times vão sofrer com suas quedas. EXODIA em San Martin e na Escola; 100 Medo em La Cobreria e Georgopol; 9z Team nas redondezas de Farm e Ha Tinh; META Gaming ao sul de Pochinki e RED Canids Kalunga com seu plano de Cruz Del Valle e split nas Ruins de Sanhok serão dificilmente contestados", avalia Felpy.

"Por outro lado, Los Leones, Power Grid, Graveyard, Pecado, Bootcamp, Paradise Resort, Rozhok e Pochinki são regiões em comum entre as três regiões. Logo, conforme o padrão em torneios internacionais, os times terão de se adaptar e explorar estratégias diferentes para esses casos", pondera o especialista.

Contestação

Em caso de contestação do ponto de queda da RED Canids, o brasileiro Andrey "and1FPS" Henrique aponta que, a depender dos adversários que estiverem no local, a equipe opta pelo confronto para dominar o território.

Enzo "OzNe" Di Lucca, da brasileira 100medo, prefere ter opções - são três em Erangel e Miramar -, justamente para enfrentar embates precipitados. "Eu não gosto de cair contra outras equipes, independente de qual seja. Eu vejo isso como um atraso gigante".

Isso porque, conforme o jogador, o local de queda é importantíssimo para as rotações da equipe pelo mapa a cada fechamento da zona segura.

Para o argentino Leandro "RiboxD" Racanelli, da META Gaming, "o mais importante é ter uma queda segura na qual você trabalhou o ano todo".

O pro-player brasileiro Gustavo "Guben" Martins, da EXODIA, explica que há duas coisas a serem levadas em consideração para se escolher o local de queda em cada mapa: pontos não utilizados por adversários e/ou que sejam bons para entrar em qualquer zona segura.

"Já definimos como caímos na América do Sul e, lá fora, nós não pretendemos mudar. Vamos adaptar umas coisas e criar nossa filosofia de jogo", promete o jogador.

Mesmo pensamento tem a 9z Team, segundo o paraguaio César "danitw" Kita. "Decidimos cair nos nossos locais porque temos saídas para vários círculos de segurança e rotações mais fáceis".

O PGS Berlim: Final das Américas será realizado em 28 e 29 de março, em Los Angeles, nos Estados Unidos, com a participação de 16 equipes, sendo cinco da América Latina, oito da América do Norte e três da Oceania. Os seis melhores times se classificarão para a competição internacional, na capital alemã, em nova data ainda a ser anunciada.

drop spots

Erangel

Miramar

PGS Americas

PGS Berlim: Final das Américas

PUBG

Sanhok