Pro-players comemoram retorno das competições oficiais de PUBG

Por • 25/04/2020

Jogadores e técnicos comemoraram o anúncio da nova temporada competitiva de 2020 de PUBG na América Latina, com a retomada das competições pela internet.

Conforme anunciado, serão cinco campeonatos online, de maio a agosto, com premiações somando US$ 108 mil (correspondentes a cerca de R$ 500 mil).

"Eu achei esta nova temporada sensacional”, exclama o jogador profissional brasileiro Wellington "Killdemo" Ely, da RED Canids Kalunga. "Nunca tivemos tantos campeonatos assim em um curto período, e nem uma premiação gigante como esta. Isso comprova a força do PUBG na América Latina e mostra que o cenário competitivo está em ascensão".

"Um novo calendário faz que o cenário não pare e que todos voltem a focar nas competições. Infelizmente não podermos ter disputa presencial contra os times de outras regiões como seria no PGS. Porém, os campeonatos anunciados nos mantém aquecidos", exalta o treinador brasileiro Lucas "Nananga" Strada, da META Gaming.

Ele lembra que, por conta da covid-19, seria impossível ter eventos presenciais e, assim, as disputas online são a melhor opção. "A expectativa é boa para todos. Ninguém sabia o que iria acontecer depois das paralisações e as equipes poderem voltar a competir é excelente".

Temporada reformulada e aprovada

O pro-player argentino Iván "p0me" Lucco, da Team Singularity, diz estar feliz em participar de torneios online nestes tempos em que, para evitar a covid-19, o recomendado é permanecer em casa. "É bom saber que continuaremos tendo competições na América Latina".

Os cinco campeonatos anunciados são a PUBG Super Week, que abrirá a reformulada temporada 2020, a Copa PUBG Masters, a Copa PUBG Masters Finais, a Challenger Series e a Relegation.

O calendário estará recheado, com partidas dos diferentes torneios em diversos dias da semana. Isso, segundo p0me, colabora para o desenvolvimento cenário latino-americano. "Isso ajuda a nos manter ocupados e a melhorar o nível das equipes que fizeram mudanças. Estamos ansiosos".

Mesma ideia tem o jogador profissional uruguaio Franco "Ragnar" Labrador, da META Gaming. "Sempre é bom ter vários campeonatos, porque isso incentiva e motiva muito os jogadores", comenta, esperando "vencer e aprender" nas competições da temporada.

Primeira apresentação

O pontapé inicial na série de torneios de 2020 será com a PUBG Super Week, que terá 128 equipes participantes inscritas na primeira fase. Depois, 19 delas irão avançar para as finais, onde encontrarão os cinco times que haviam se classificado para o PGS Berlim: Final das Américas, campeonato que compunha a temporada inicialmente desenhada.

Serão três semanas de disputas, com as principais equipes e os novos talentos da América Latina lutando por uma premiação de US$ 10 mil (equivalentes a cerca de R$ 50 mil).

O cyber-atleta brasileiro Hiago "hiagguin" Hubner, da FURIA Esports, exalta a competitividade da PUBG Super Week. "A América Latina possui times com bastante potencial. Eu creio que será um campeonato balanceado e bonito de se ver".

O jogador brasileiro da INTZ Gustavo "Guben" Martins é outro que está ansioso pela disputa da competição inaugural da temporada 2020. "Esperamos um campeonato com vários e novos times, com estilos de jogo diferentes e com uma motivação a mais. Estamos confiantes, sabendo que a nossa experiência é uma característica forte dentro do jogo".

Crescimento

São muitas emoções previstas para a temporada 2020 que pretende impulsionar a América Latina. "São oportunidades muito boas. Os prêmios são altos e darão muito incentivo à competitividade na nossa região", analisa o pro-player argentino Patricio "Loquix" Gomez, da Team Rune (antiga 9z Team).

"Estou confiante de que o cenário vai continuar crescendo", crava o cyber-atleta brasileiro Pietro "IVANZ1TO" Perazzone.

PUBG

PUBG Super Week

temporada 2020