Ps1co volta ao topo do PUBG com superação e aprimoramento

03/06/2021

Jogador brasileiro de PUBG ps1co na PUBG Global Championship de 2019, nos Estados Unidos

Era 29 de junho de 2019 e, na noite do dia anterior, Andrei "ps1co" Carvalho havia perdido a festa de aniversário da sobrinha porque estava jogando uma importante competição que classificava para um campeonato internacional. Na hora do almoço, a irmã dele disparou:

- Tu não vai comer o resto do bolo, tu não estava presente ontem.

Ele deixou o prato de lado, levantou da mesa e, contrariado, respondeu:

- Tudo bem, semana que vem estou indo jogar o mundial na Suécia.

Foi a partir daquele momento, de uma tensão em família, que ps1co passou a conquistar o apoio dos parentes para a carreira de jogador profissional de esports que sempre sonhou trilhar.

O brasileiro se tornou um dos atletas mais importantes da América Latina, superando a desconfiança da família, os problemas na vida pessoal, como a falência de uma loja que rendeu uma dívida de R$ 30 mil, e as próprias limitações como jogador.

Início

Morador de Uruguaiana, no estado sulista do Rio Grande do Sul, ps1co começou a jogar PUBG e a competir em 2017. "Sempre joguei para competir. Nunca foi por hobby", conta o jogador, que é reconhecido pela mira afiada.

Na mesma época, ao lado de dois amigos, ps1co era coproprietário de uma loja de materiais de construção que não deu certo e resultou em dívidas de R$ 30 mil. "Com a inexperiência e por sermos moleques, não éramos muito assíduos e disciplinados com as coisas, acabamos nos deixando levar".

Em 2019, ps1co se destacou na conquista da 4ª posição da 2ª temporada da ESL LA League pela Hadouken Gaming. O desempenho lhe rendeu o convite para fazer parte da brasileira Brazilian Crusaders (BRC), a melhor equipe latino-americana da época.

"Fui do chão ao céu! Eu vi que, ali, meu sonho estava começando a acontecer", relembra ps1co. "Foi mais rápido do que eu esperava. Nunca me contentei com pouco e busco evoluir sempre. Nunca gostei de ficar no meio da tabela".

Ensaio de fotos da RED Canids Kalunga da GLL Grand Slam em 2019

Competições internacionais

Com a BRC, ps1co venceu a 3ª temporada da ESL LA League em 28 de junho de 2019 e se classificou para o GLL Grand Slam, em Estocolmo, na Suécia. O último dia de competição classificatória coincidiu com a festa de aniversário de 14 anos da sobrinha, à qual o jogador não pôde comparecer.

Ps1co conta que a irmã falou sobre ele não poder comer o restante do bolo meio na brincadeira, mas que ficou chateado mesmo assim.

"É uma coisa que sempre me machucou não poder estar presente às vezes por ter jogo ou campeonato. Eu acabei zoando, mas também um pouco bravo", diz o brasileiro, sobre sua resposta.

"No início, o pessoal aqui em casa não levou muito a sério, nunca achou que poderia ser uma profissão. A partir daí, minha irmã veio pedir desculpa e todo mundo começou a entender. Dali em diante, começaram a acompanhar tudo. Hoje todo mundo pergunta quando tem jogo", relata ps1co.

Ensaio fotográfico com a RED Canids Kalunga antes da PUBG Global Championship em 2019

Ele disputou o PUBG Global Championship (PGC) de 2019 com a RED Canids Kalunga e, lá nos Estados Unidos, percebeu que precisava aperfeiçoar a parte tática de seu jogo. Ele mandava bem na mira, mas pecava nas estratégias.

"Eu me senti um pouco apagado nessa questão tática. Eu via os outros times fazendo e eu me via fazendo pouco. Era a oportunidade da minha vida, eu não podia mais ficar com receio de fazer alguma coisa", analisa. "Todo mundo comentava que eu já tinha uma mira boa, mas eu precisava me tornar um jogador mais completo".

"Foi o melhor ano da minha carreira com certeza. Eu realizei o sonho de jogar um mundial. Foram dois campeonatos mundiais e tivemos premiações boas"

ps1co
Palco da PUBG Global Championship de 2019, nos Estados Unidos

Montanha russa

Ps1co começou a temporada 2020 conquistando uma das cinco vagas para a Final das Américas da PUBG Global Series (PGS): Berlim ao lado de Gustavo "Guben" Dias, que se tornou o seu maior parceiro no PUBG, e depois sendo contratado pela INTZ, com a qual obteve o 5º lugar da 1ª temporada da Copa PUBG Masters, sem Guben.

Já na 2ª temporada, ps1co amargou a 13ª colocação da Copa PUBG Masters com a Novos Tempos. Para a 3ª temporada, o brasileiro voltou a atuar com o amigo Guven e venceu a Copa PUBG Desafiante, competição de acesso à elite na América Latina em 2020.

Foi uma volta por cima depois de uma temporada instável, em que protagonizou bons momentos com a INTZ, quando ps1co começou a implementar aprimoramentos táticos, e maus momentos com a Novos Tempos, na qual o brasileiro não se sentia confortável.

"Eu conheci o Guben em 2017. Ele me chamou para montar uma equipe depois e começamos a nos falar. Com o passar dos anos, criamos uma afinidade. Dentro do jogo temos as mesmas ideias e é isso que nos deixa confortáveis para jogarmos juntos. Fora de jogo estamos sempre dando risadas e trocando ideias sobre tudo. Ele é um irmãozão mesmo", exalta ps1co.

Jogador brasileiro de PUBG ps1co em ensaio fotográfico antes da GLL Grand Slam, em 2019

Volta por cima

Depois de brilhar na 3ª Copa PUBG Desafiante, ps1co chamou a atenção até de casters norte-americanos que apontaram quais seriam os jogadores destaques da Grande Final da ESL PUBG Masters: Fase 1.

"Quando eu faço uma função mais importante, eu me sinto mais ativo dentro do jogo. Estando ligado, eu acabo tendo maior presença no mapa. Quando eu jogo para trás - na INTZ eu fazia a função de costinha - fico ligado em surpresa que a equipe pode tomar, não tenho tanta presença. Com o Guben estou sempre buscando progresso e abates", detalha o brasileiro.

Sempre conhecido pela mira, ps1co diz que, atualmente, está com a parte tática muito mais aprimorada do que antes, o que lhe fez ainda mais na busca por eliminações de adversários.

"Satisfeito 100% eu ainda não estou, mas, na comparação com o cara de 2019 na parte tática, estou satisfeito. Eu consegui me aprimorar. Hoje eu me garanto como capitão de qualquer equipe tranquilamente", aponta ps1co.

O brasileiro destaca que, mais desenvolvido taticamente, se sente no melhor momento da carreira em questão de gameplay.

Em alta

De volta ao topo, ps1co se classificou para a Grande Final da PUBG Continental Series 4 (PCS4) das Américas com a Enrage Esports. A equipe teve a terceira melhor campanha da Fase de Grupos da América Latina, dentro do top 6 da zona de classificação.

"O PUBG é o meu divisor de águas. Foi a minha ascensão na vida pessoal e a realização do meu sonho. O PUBG realizou o meu sonho, que era me tornar jogador profissional de esportes eletrônicos. Eu podendo estar aqui neste jogo para sempre, eu vou estar", comemora ps1co.

A Grande Final da PCS4 Américas acontece nos dias 10, 11, 17, 18, 24 e 25 de junho, sempre a partir de 20h (BRT), com participação de 16 equipes, premiação de US$ 250 mil (equivalentes a cerca de R$ 1,25 milhão) e transmissão ao vivo em Português e Espanhol.

Perfil

Player Profile

ps1co

PUBG