Battleground Intelligence: Eliminatória Regional da ESL Masters 2

Cobertura

by PUBG Esports

Estamos entrando na fase final da ESL Masters: Fase 2 neste fim de semana. Dezesseis equipes lutarão ao longo de seis dias para determinar quem receberá a maior parte da premiação total de US$ 50 mil e uma parte dos pontos do PGC.

A ação do PUBG está em andamento desde o mês passado, com equipes da América do Norte e da América Latina lutando por meio da Seletiva Aberta e da Eliminatória Regional. Estamos aqui para detalhar as estrelas de cada Eliminatória Regional e falar sobre como essas equipes de ponta podem se apresentar na Grande Final.

Aqui está o cronograma restante para a ESL PUBG Masters Américas: Fase 2:

Grande Final

  • 22 a 24 de julho
  • 29 a 31 de julho

Turbilhão na Eliminatória Regional da América do Norte

Soniqs, a melhor equipe de todas as Américas, provou que não está aqui para brincar mais uma vez. Este elenco começou a Eliminatória Regional da América do Norte com um estrondo, ficando entre os três primeiros nas três primeiras partidas da etapa.

De todas as seis rodadas das partidas do primeiro dia, a Soniqs teve apenas um fracasso em um jogo. Eles obtiveram pelo menos seis abates e ficaram entre os cinco primeiros colocados em todas as partidas, exceto uma, na qual conseguiram apenas um abate e ficaram em décimo. Esse desempenho deu a eles um pouco de espaço para respirar quando comparado à maioria das outras equipes.

O desempenho do Soniqs caiu em seu segundo dia de jogo da Eliminatória Regional. Eles ganharam apenas 63% de sua pontuação geral do primeiro dia. Menos abates e menos colocações altas ajudaram outras equipes a diminuir a diferença que Soniqs construiu durante as primeiras seis partidas.

YAHO, eUnited e até Tokyo Manji Gaming, que lutaram na chave aberta para chegar a este ponto, ficaram a uma curta distância de Soniqs no final da Eliminatória Regional. YAHO e eUnited ficaram a apenas 3 pontos de empatar com os campeões.

Soniqs tem uma chance sólida de levar para casa o troféu na Grande Final, mas várias equipes estão logo atrás.

Dobro do problema na Eliminatória Regional da América Latina

O flagelo do Grupo B, a TROGLODITAS, começou a Eliminatória Regional com o pé peludo errado. Esta equipe brasileira conquistou um total de 41 pontos, com 15 pontos de colocação e 26 abates ao longo do primeiro dia de partidas. Isso deixou a TROGLODITAS em sexto lugar, com apenas seis partidas restantes para disputar no segundo dia de jogos. Eles tiveram que lutar para garantir uma vaga na Grande Final.

A primeira partida do segundo dia de ação também foi um fracasso completo, mas, depois, a TROGLODITAS entrou em fúria. Três Chicken Dinners e 52 abates totalizaram 88 pontos, mais que o dobro do que esse esquadrão ganhou no primeiro dia. O desempenho os levou ao primeiro lugar e os colocou na Grande Final.

A FIUMBA, equipe argentina, teve a experiência oposta. Esta equipe saiu do avião cuspindo fogo, ganhando 94 pontos e três Chicken Dinners no primeiro dia. A equipe desmoronou durante o segundo dia – ganhando apenas 24 pontos – mas construiu uma almofada suficiente para amortecer seu pouso forçado.

Ambas as equipes fizeram um show incrível, mas agora é hora de um desafio ainda maior. As equipes latino-americanas tiveram dificuldades ao enfrentar equipes norte-americanas durante a PUBG Continental Series 6 Américas (PCS6). Esta, no entanto, é uma nova oportunidade para equipes como a TROGLODITAS brilharem.

Estaremos cobrindo toda a ação do PUBG Esports Américas durante todo o ano, então certifique-se de nos seguir no Twitter, no Instagram, no Facebook e no TikTok para mais notícias, atualizações e conteúdo. Boa sorte a todas as equipes que competem na Grande Final!

Compartilhar Isso