ESL PUBG Masters: oito finalistas da América Latina são definidas

Cobertura

by PUBG Esports

ESL PUBG Masters

Estão definidas as oito equipes representantes da América Latina na Grande Final da ESL PUBG Masters, onde disputarão o título ao lado de oito norte-americanas.

Com 24 participantes, a Fase de Grupos da América Latina ocorreu de sexta-feira (16) a domingo (18), com seis quedas por dia, nos mapas Erangel e Miramar, totalizando 18 partidas.

Em cada dia, equipes de duas chaves se enfrentaram em seis partidas. No primeiro dia, houve os confrontos com os Grupos A e B. No segundo, Grupos B e C. No terceiro, A e C.

Encerradas as 18 quedas, o top 8 da classificação geral se classificou para a Grande Final da competição, marcada para os dias 23, 24, 25 e 30 de abril e 1º e 2 de maio.

Classificaram-se para a Grande Final: ENRAGE Gaming, 303 Esports, A CRECHE, 22 Esports, Durany Esports, Inxeque Team, Old Times e Young Kings.

Declarações

Com jogadores conhecidos do cenário competitivo latino-americano, a brasileira ENRAGE Gaming liderou a Fase de Grupos, com 151 pontos, dos quais 89 por eliminações de adversários – o maior número de abates conquistados por uma equpe. Das 12 quedas que disputou, o time ganhou três.

“Como todos nós nos conhecemos muito bem, sabemos a força do nosso ataque e usamos isso como vantagem”, exalta o jogador brasileiro Kaio “Balkkan” Magnum, da ENRAGE Gaming. Segundo ele, a equipe se preparou jogando ranked e assistindo a partidas.

“Logo no início não deu muito certo, porque estávamos ainda nos adaptando. Mas, analisando os erros, nós percebemos que estávamos perdendo para nós mesmos. Tivemos várias discussões [para corrigir os erros]”, conta Balkkan.

Já mais entrosada e com a moral de ter liderado a Fase de Grupos, a ENRAGE Gaming vai agora com tudo para a Grande Final. “Expectativa boa com o rumo que estamos jogando. Sabemos que nós temos muita bala para trocar e vamos nos preparar bem para o campeonato”, comenta Balkkan.

Na 2ª posição passou a brasileira 303 Esports, também com nomes conhecidos da América Latina, mas que colocou na principal vitrine da região o novato Allan “TrisK” Maia. Ele completou 18 anos em janeiro e está estreando no circuito oficial de PUBG.

“O sentimento é de felicidade e estou muito confiante para essa final com a América do Norte. Pode ter certeza que vamos chegar para destruir todo mundo”, promete TrisK.

O brasileiro está satisfeito com o desempenho da equipe na Fase de Grupos, mas projeta ainda mais melhorias daqui para a frente. “Poderia ter sido melhor e sempre pode ser. Foi, porém, uma Fase de Grupos insana. Jogamos muito bem como uma equipe, e o individual de cada um estava forte e a confiança, lá em cima”.

A 303 Esports fez 125 pontos, sendo 75 por eliminações de adversários, tendo conquistado três vitórias. Para TrisK, a confiança na preparação levou a equipe ao topo. “Psicológico é o principal para se conseguir manter e não desabar durante as partidas”.

Sensação das quatro rodadas da seletiva aberta, a brasileira A CRECHE chegou com tudo para a Fase de Grupos. Nesse fim de semana, a equipe ficou na 3ª colocação, com 113 pontos, sendo 68 por eliminações de adversários, e três Chicken Dinners.

Um resultado que, na visão do brasileiro Iago “kyshenn” da Luz, poderia ter sido melhor.

“Não foi o resultado que esperávamos, porém, estamos contentes por estar no top 8”, aponta kyshenn. “O foco é sempre o topo, mas, independente do resultado, o nosso jogo em si não foi o que nós somos acostumados a apresentar”.

Ele alega que “mantivemos o estilo de jogo, porém, cometemos muitos erros”, o que custou a liderança, posição obtida nas rodadas da seletiva aberta. “Foi um bom resultado o 3º lugar”.

Contando com jogadores latino-americanoas em ascensão, A CRECHE tem, como principais armas, “a atitude de fazer as plays e as rotações, juntamente com a agressividade”, avalia kyshenn.

Ele aponta que a bagagem de Pedro “sparkingg” Ribeiro, um dos destaques do PUBG Global Invitational S (PGI.S), na Coreia do Sul, contribuiu para o desempenho da equipe. “Foi muito importante para nós. Ele absorveu bastante experiência e conseguiu nos ensinar muitas coisas que a gente pecava aqui na América Latina”.

Para a Grande Final, a expectativa é ambiciosa, como não poderia deixar de ser. “Nossa meta é sempre o topo, estamos trabalhando para isso e acreditamos em cada um de nós”, conclui kyshenn.

Classificação final

Confira a tabela de classificação final da Fase de Grupos:

Tabela de classificação final da Fase de Grupos da América Latina da ESL PUBG Masters

Jogo a jogo

Confira quais equipes levaram os Chicken Dinners em cada uma das 18 quedas da Fase de Grupos:

Sexta-feira

Grupos A e B

Queda 1 (Erangel): ENRAGE Gaming
Queda 2 (Erangel): eumais3
Queda 3 (Erangel): Latin Dominus
Queda 4 (Miramar): Durany Esports
Queda 5 (Miramar): 22 Esports
Queda 6 (Miramar): Meta Gaming

Sábado

Grupos B e C

Queda 7 (Erangel): 303 Esports
Queda 8 (Erangel): Old Times
Queda 9 (Erangel): A CRECHE
Queda 10 (Miramar): A CRECHE
Queda 11 (Miramar): 303 Esports
Queda 12 (Miramar): Inxeque Team

Domingo

Grupos A e C

Queda 13 (Erangel): Inxeque Team
Queda 14 (Erangel): A CRECHE
Queda 15 (Erangel): ENRAGE Gaming
Queda 16 (Miramar): ENRAGE Gaming
Queda 17 (Miramar): 303 Esports
Queda 18 (Miramar): Willie Nelson

Grupos

Na Fase de Grupos, as 24 equipes participantes estiveram divididas em três chaves. Confira a divisão:

Elencos

Veja quais são os elencos das oito equipes finalistas:

22 Esports: rogiw0w, v1n1Skr, bisnag4, HazeteN
303 Esports: tplentz, H11jr, TrisK, FAISKA, BigHead
A CRECHE: vhzkingg, kyshenn, zFluxx, sparkingg
Durany Esports: Capitan, Pand4e, Loquix, Em1hh
ENRAGE Gaming: ps1co, Balkkan, Kablle-, Guben11
Inxeque Team: SelfishXD, pablex, rizola-, IlIl97
Old Times: LekrO-, Letti1, Yunkosh, Execs
Young Kings: KF9sk, and1FPS, gordolins, coff1

Compartilhar Isso